Você está em:
Notícias

NOTÍCIAS DA CIDADE

03-04-2019
Comunicado da Secretaria de Saúde sobre as vacinas contra a meningite
A Secretaria Municipal de Saúde de Ipê, por meio da Vigilância Epidemiológica, vem a público esclarecer algumas informações à respeito das vacinas contra a meningite.
A Secretaria Municipal de Saúde de Ipê, por meio da Vigilância Epidemiológica, vem a público esclarecer algumas informações à respeito das vacinas contra a meningite.
Existem DIVERSOS tipos de meningite. A meningite é uma inflamação das membranas que revestem o cérebro e medula espinhal, que pode ocorrer pelas mais variadas causas: infecções (viral, bacteriana, fúngica, parasitária,...) medicamentos, câncer, etc.
Como o foco aqui é esclarecer algumas informações a respeito das vacinas, nos deteremos na MENINGITE BACTERIANA, pois até o momento, não existe vacina para meningite viral, a não ser em situações de surtos específicos de determinados tipos de vírus, o que é uma situação de exceção.
A meningite bacteriana é uma doença de rápida evolução, com altas taxas de complicações, sequelas e letalidade, impondo a necessidade de estratégias de prevenção por meio da vacinação. Dentre os diversos agentes que podem causar meningite bacteriana, vamos focar naqueles em que HÁ VACINA DISPONÍVEL:
- vacina tetravalente: realizada aos 2, 4, 6 e 15 meses previne meningite bacteriana causada por hemófilos;
- vacina pneumo 10 valente: realizada aos 2, 4, 6 e 12 meses previne meningite bacteriana causada por pneumococo;
- vacina meningocócica C conjugada: vacinação aos 3, 5 e 12 meses (aplicada desde 2010) mais um reforço ou dose única para adolescentes de 11 a 14 anos (esta inclusão ocorreu a partir de 2017).
Ressaltamos que dentre as meningites bacterianas causada por meningococos a mais frequente é do sorotipo C ( com vacina disponível na rede pública), a segunda mais frequente é do sorotipo B e sorotipos menos frequentes A,W e Y (estas últimas com vacinação disponível somente na rede privada).
A vacina garante 100% de proteção? NÃO. Como a vacina depende do sistema imunológico de quem recebe, não há como garantir eficácia de 100%, mas a proteção é considerada ótima.
Há surto de meningite meningocócica no RS? NÃO. Todos os anos existem casos e óbitos pela doença. O que há são dois óbitos ocorridos por meningite um do tipo B e outro do tipo C em uma região delimitada, que ocorreram com intervalo pequeno entre eles, gerando naturalmente, uma preocupação.
Durante todo o ano são realizadas diversas ações de verificação das cadernetas vacinais, visando sempre uma alta cobertura vacinal. Mantenha sua caderneta atualizada. Na dúvida, traga sua caderneta de vacinação até uma Unidade de Saúde ou nos procure para maiores informações.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Ipê
Vigilância Epidemiológica

MAIS NOTÍCIAS
19-07-2019 | 3º Festival do Risoto e Maravilhas da Agroecologia de Ipê foi um sucesso19-07-2019 | Abertas inscrições para as soberanas de Ipê18-07-2019 | Concurso da Prefeitura de Ipê tem 688 inscritos18-07-2019 | Programa Saúde na Escola na Plácido Damiani
Logo Rodapé
TELEFONE:
(54) 3233 1050
EMAIL:
gabinete@ipe-rs.com.br
LOCALIZAÇÃO:
Rua Frei Casimiro Zaffonato, 1060
Cep: 95240-000
Ipê - RS
REDES SOCIAIS:
Siga-nos nas redes sociais